mulher gravando stories

VERGONHA DE GRAVAR STORIES: 6 DICAS PARA VOCÊ VENCER

Se você está lendo esse texto é porque tem muita vergonha de gravar vídeos para os stories e, ao mesmo tempo, entende a necessidade que eles têm em relação ao seu crescimento nas redes sociais, não é mesmo? 

Ficamos com medo ou vergonha de postar algum stories, pois temos receio sobre o que o outro vai falar, mas para nós, empreendedores, é extremamente importante colocar a cara em frente a câmera para trazer essa proximidade com o público. Já vale lembrar que vergonha não paga boleto. 

Eu juro que te entendo. Há cinco anos eu era tão tímida que não tinha nem amigos. Mas como a timidez não me levou a lugar nenhum, decidi sair da minha zona de conforto. E cara, nem foi tão ruim. Sobrevivi. Você também vai, acredita.

Mas entendo a dificuldade, já que ela também era minha. Vou listar 6 coisas que me ajudaram muito e me fizeram dar um passo a mais em direção às vendas. 

 

1- Estratégia dos mini passos para vencer o medo de gravar stories 

 

Se eu falar pra você gravar um vídeo de 5 minutos numa uma avenida movimentada vai te assustar, certo? Isso porque é um passo muito grande fora da sua zona de conforto, fora que pode ser perigoso. Você sabe como são os motoristas por aí. Risos.

Mas você pode concordar comigo que não tem nada de assustador em uma simples foto da sua mão segurando uma xícara de café. Você pode fazer isso e escrever como foi seu dia.  Parece uma opção mais fácil, concorda? E você não tem uma coleção de canecas lindas para não mostrar pra ninguém.

É exatamente isso que sugiro a você. Comece aos poucos! 

Quando vimos um obstáculo muito grande o nosso cérebro já vem querendo barrar e encher de desculpas. Mas como somos seres racionais, a gente que tem que dizer pra ele quem manda aqui. Então vamos iniciar com pequenos passos, combinado? 

Conselho de amiga: Começa com selfies, boomerangs, vídeos mega curtinhos e depois vai aumentando o tamanho. 

 

2- Tem vergonha? Tape seus ouvidos para você mesmo

 

Eu aposto que você até grava o vídeo. Mas depois fica olhando pro coitado, e acaba achando mil defeitos. Pare já com isso! Eu tinha mania de gravar e ficar olhando a forma como a minha boca se mexia. Loucura, né? Cheguei a odiar a forma que eu falava as palavras com “CH”. Mas, eu garanto que só a gente percebe essas coisas. 

A dica aqui é: Posta e sai correndo. Em 24 h acaba o pesadelo.

 

3- Nada no mundo é perfeito, não é você que vai ser. Então supera essa necessidade.

 

O segredo aqui é a tentativa e erro. Você pode errar e apagar. Sem problema algum. Ninguém sairá ferido, te juro. Afinal todos os vídeos que você apaga ninguém vê, então aproveita para criar prática. Faça quantos forem necessários, só não esqueça que não existe perfeição, nem para você e nem para quem já está no mercado há anos. 

Pequenos errinhos e falhas de gravação são encarados de forma positiva, pois humaniza a marca. E lembrando, pessoas se conectam com pessoas.

 

4-Espelho, espelho meu: desenvolvendo a autoconfiança 

 

De início isso parece uma dica meio banal, mas garanto que é uma das mais funcionam. Sabe quando colocamos uma roupa nova ou aquele batom que a gente tanto gosta? Nos sentimos poderosas, não é mesmo? 

Sempre que estamos em uma fila do banco, por exemplo, e estamos com uma roupa mais “furreca” acabamos nos escondendo um pouco e ficando mais quietinha, mas se estamos com um look bacana nos sentimos mais poderosas para dialogar com outras pessoas, sorrir e ficar mais a vista dos outros. 

 

5- Quanto mais você faz, melhor você fica

 

Tudo na vida é assim! Quando você vai aprender a dirigir, na primeira aula o professor mostra onde tudo está: onde é o freio, como passar a marcha e por aí vai. Depois nas aulas seguintes são apenas treinos de tudo que você já aprendeu e quanto mais você dirige melhor e mais confiante você fica. 

E acredita, só assim você vai longe.

A mesma coisa é passar o delineado gatinho, você aprende a técnica, mas é necessário muito treino para conseguir fazer o traço certinho. 

6- Faça como esse post e divida tudo em tópicos. Listas são suas melhores amigas.

Mas não vou mentir pra você. É normal o nervosismo bater, mas isso acontece até com quem tem muita experiência dependendo da quantidade de informação. Daí é normal nós esquecermos as coisas que queremos falar. Então faça uma lista com os tópicos mais importantes e não tem problema algum você estar com as anotações em mãos pra não esquecer de nada.

 

O mais importante de tudo é você não alimentar o seu medo. Quanto mais a gente desiste de fazer alguma coisa por causa deles, mais a gente se distancia de quem queremos ser. O medo é uma seta que aponta aonde queremos chegar. Então foque na sua coragem, ela não é ausência do medo. Você não chegou até aqui para chegar só até aqui.

 

Se você está em busca de engajamento recomendo esse post: clique aqui!

E siga no Instagram para ter acesso a conteúdos diários.

Compartilhe esse post com seus amigos